Camilo Castelo Branco e Joaquim Manuel de Macedo: convergências na ascensão do romance nas periferias do capitalismo

Camilo Castelo Branco e Joaquim Manuel de Macedo: convergências na ascensão do romance nas periferias do capitalismo Luciene Marie Pavanelo Tese de Doutoramento http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8156/tde-29072013-095304/pt-br.php Resumo O objetivo deste trabalho é analisar a ficção de Camilo Castelo Branco e Joaquim Manuel de Macedo, escritores muito populares em Portugal e no Brasil, respectivamente, entre as décadas de 1840... Continue Reading →

Anúncios

Noites de Insónia

Novo blogue Noites de Insónias que Lucília Ramos criou para a comunidade de leitores da obra de Camilo Castelo Branco. Primeira entrada - 22 de Maio Vinte hora de liteira.

Vinte horas de liteira

Vinte horas de liteira, um conjunto de histórias publicadas primeiro no Comércio do Porto, contadas por Camilo e pelo interlocutor António Joaquim, que o escritor encontra numa estalagem no Marão e lhe oferece boleia para o Porto. As histórias são narradas entre eles durante a viagem de Amarante para o Porto, em liteira e que... Continue Reading →

Vinte horas de liteira

O romance "Vinte horas de liteira", de Camilo Castelo Branco, descreve a viagem que o escritor faz com o personagem António Joaquim, de Vila Real até ao Porto. É uma sucessão de histórias e narrativas que António Joaquim lhe vai contando, e vice-versa. O paradoxal desta obra, é a que a personagem ficcionada António Joaquim... Continue Reading →

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: