Visita de Joaquim Vasconcelos a Seide, em 1870

ACERCA DE JOAQUIM 2.º (RESPOSTA A UMA CARTA) A carta, a que respondo, veio do Porto. E o período respondido reza assim: ..... Asseveram-me que o teu Plutarco, anunciado na ACTUALIDADE, é o Joaquim de Vasconcelos, que tem batido à porta dos teus antigos inimigos, pedindo factos e calúnias para urdir a tua biografia. Se... Continue Reading →

Anúncios

Uma polémica entre Camilo e Sarmento

Ai os nossos retratos! Credo! Você parece um ferocíssimo salteador da Calábria; eu dou ares de um inválido brigadeiro das antigas milícias a expirar de sífilis cancerosa no hospital de Runa." (Carta de Camilo a Sarmento) Aconteceu em Braga, no dia 28 de Novembro de 1885: procuradores da cidade de Guimarães à Junta Geral do... Continue Reading →

Guerra Junqueiro e Camilo

Abílio Manuel Guerra Junqueiro (Freixo de Espada à Cinta, 17 de Setembro de 1850 — Lisboa, 7 de Julho de 1923) foi o poeta mais popular da sua geração. Estudou Teologia em Coimbra, mas não concluiu o curso, mudando para Direito. Os seus poemas antimonárquicos contribuíram para a implantação da República. Mas se o recordo... Continue Reading →

Teófilo Braga e Camilo

Joaquim Teófilo Braga conta com muito mais páginas em todas as enciclopédias de Literatura do que nos livros sobre História de Portugal. Foi escolhido para presidir ao primeiro Governo Provisório saído do 5 de Outubro de 1910 até à eleição do Dr. Manuel de Arriaga, tendo depois, por deliberação do Congresso, completado o mandato desde... Continue Reading →

Memórias de um suicida

"Convêm acentuar, meus caros amigos, que a reencarnação é concessão sublime feita pelo Pai Supremo às Suas criaturas para que progridam e se engrandeçam, preparando-se para a herança que lhes estará reservada na glória do Seu reino. É de lei. E ninguém há que atinja o seu destino imortal sem palmilhar os degraus dos renascimentos,... Continue Reading →

A Guerrilha literária de Eça de Queiroz — Camilo Castelo Branco

A Biblioteca Municipal da Póvoa do Varzim assinalou no 25 de Novembro, o aniversário de Eça de Queirós. Para tal, apresentou duas obras, da autoria de Campos Matos, subordinadas à vida desse ícone da literatura portuguesa. Começando por se referir ao livro ‘A Guerrilha Literária de Eça de Queiroz — Camilo Castelo Branco’, publicado pela... Continue Reading →

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: